16 de setembro de 2017

Terninho revisitado

Com influência oitentinha - quando eram usados em modelagens mais amplas e estampas tradicionais, como a risca de giz - o clássico terninho perdeu o status de careta e "demodê" e se tornou forte aliado das fashionistas que prezam o conforto + estilo. Seja de alfaiataria ou não, o terno transpôs o ambiente formal dos escritórios e conquistou o street style - sendo, inclusive, uma ótima alternativa para substituir o vestido de festa. Com modelagens, padrões, texturas e complementos diferenciados, o combo pode transitar perfeitamente desde um barzinho com o boy, balada com os bests; até uma reunião executiva. E o que garante toda essa versatilidade é a coordenação do styling. Se mesclado com um top rendado, por exemplo, ou - indo mais além na ousadia - apenas com o blazer fechado e sem nada por baixo, o resultado pode ser bem sexy. Se a escolha for pelas texturas, como couro, veludo, paetê... automaticamente teremos um visual fashion e antenado. Estampas e cores também são bem vindas e garantem uma pegada cool e modernérrimaaaa. Já no caso do estilo boyish ou sporty, invista em modelagens mais amplas, maxi blazer e tênis. O intuito é desconstruir a formalidade do terno e conquistar um ar despretensioso.
E por falar em modelagens, temos para todos os gostos e biótipos. Justo, reto, estruturado, flare, pantalona e com caimento. Já o total white, inquestionavelmente é a face da ryqueza e elegância. Né, não?! E com acessórios metalizados e clean, deixa o visú mais sofisticado e phyno.
Agora, se você resolver assaltar o closet das mamis e encontrar um modelito conservador- tipo acizentado ou xadrez - com perfume retrozinho, experimente com complementos que quebre a caretice do conjunto; tipo botas, bonés e t-shirts cool.
Quer se inspirar mais?? Se liga nas combinações estilosas que separamos pra vocês.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Desenvolvimento por: Mariely Abreu | Todos os direitos reservados ©. voltar ao topo